30 de dez de 2009

Texto interessante!!!
Para refletir sobre a vida!!!!
Simplifique sua vida!

Tudo o que é belo tende a ser simples. Afirmação generalizante? Não sei. O que sei é que a beleza anda de braços dados com a simplicidade. Basta observar a lógica silenciosa que prevalece nos jardins. Vida que se ocupa de ser só o que é.

Não há conflito nas bromélias, não há angústia nas rosas, nem ansiedades nos jasmins. Cumprem o destino de florirem ao seu tempo e de se despedirem do viço quando é chegada a hora. São simples.

Não querem outra coisa, senão a necessidade de cada instante. Não há desperdício de forças, não há dispersão de energias. Tudo concorre para a realização do instante. Acolhem a chuva que chega e dela extraem o essencial. Recebem o sol e o vento, e morrem ao seu tempo.

Simplicidade é um conceito que nos remete ao estado mais puro da realidade. A semente é simples porque não se perde na tentativa de ser outra coisa. É o que é. Não desperdiça seu tempo querendo ser flor antes da hora. Cumpre o ritual de existir, compreendendo-se em cada etapa.

Já dizia o poeta: "Simplicidade é querer uma coisa só". Eu concordo com ele. O muito querer nos deixa complexos demais. Queremos muito ao mesmo tempo, e então nos perdemos no emaranhado dos desejos. Há o risco de que não fiquemos com nada, de que percamos tudo.

Aquele que muito quer corre o risco de nada ter, porque o empenho e o cuidado é que faz a realidade permanecer. O simples anda leve. Carrega menos bagagem quando viaja, e por isso reserva suas energias para apreciar a paisagem. O que viaja pesado corre o risco de gastar suas energias no transporte das malas. Fica preso, não pode andar pelo aeroporto, fica privado de atravessar a rua e se transforma num constante vigilante do que trouxe.

A simplicidade é uma forma de leveza. Nas relações humanas ela faz a diferença. O que cultiva a simplicidade tem a facilidade de tornar leve o ambiente em que vive. Não cria confusão por pouca coisa; não coloca sua atenção no que é acidental, mas prende os olhos naquilo que verdadeiramente vale à pena.

Pessoas simples são aquelas que se encantam com as coisas menores. Sabem sorrir diante de presentes simbólicos e sem muito valor material. A simplicidade lhe capacita para perceber que nem tudo precisa ter utilidade. E por isso é fácil presentear o simples.

Dar presentes aos complicados é um desafio. Não sabemos o que eles gostam, porque só na simplicidade é possível conhecer alguém. Só depois que as máscaras caem pelo chão e que os papéis são abandonados a gente tem a possibilidade de descobrir o outro na sua verdade.

Eu gostaria de me livrar de meus pesos. Queria ser mais leve, mais simples. Querer uma coisa só de cada vez. Abandonar os inúmeros projetos futuros que me cegam para a necessidade do momento. Projetos futuros valem à pena, desde que sejam simples, concretos e aplicáveis. Não gostaria que a morte me surpreendesse sem que eu tivesse alcançado a simplicidade. Até para morrer os simples têm mais facilidade. Sentem que chegou a hora, se entregam ao último suspiro e se vão.

Tenho uma intuição de que quando eu simplificar a minha vida, a felicidade chegará em minha casa, quando eu menos esperar.

( Padre Fábio de Melo )

Feliz Ano Novo!!!!!!

20 de dez de 2009

Engraçado como esse friozinho na barriga me lembra coisas de minha infância... Agora me recordo de quando estava aprendendo a andar de bicicleta, de quando saia em disparada em cima de um cavalo, nossa como amava andar a cavalo, principalmente em velocidade, sentir aquele vento bater no rosto, agitar os cabelos... Era como se estivesse em algum filme, ou contos de fadas... Aquilo sim dava um frio gostoso na barriga.
Fui sempre muito sonhadora, acho que ate demais, sempre vivi com os pés fora do chão, ou ate mesmo fora da realidade... Bem, não foi de tudo tão ruim assim, apesar do meu mundo de fantasias hoje eu conheço bem a realidade da vida, a VIDA REAL... Já fui tachada de muitas coisas, mas uma que nunca me esqueço, foi quando me disseram que eu era anti social... Nossa, aquilo foi como se uma faca entrasse no meu peito, naquele momento me senti um ser pequenininho, sem brilho próprio, apenas sobrevivendo no mundo. Naquele dia doeu muito, mas hoje quando olho pra trás, sinto que aquilo era o que precisava ouvir, precisava entender que a vida estava na minha frente e eu não estava aproveitando como se devia.
Nesse momento a vida mudou muito... Nossa como mudou...rsrssss Não fantasio mais como antigamente, nem ando sentindo o vento cortar meu rosto como gostaria, mas me tornei um ser forte, alem do que eu podia supor que conseguiria... Aprendi a aceitar e aguentar as dores da vida de cabeça erguida, com coragem de enfrentar aquilo que ainda não conheço e que estar por vir... Sempre tive muito apoio, mas nesse exato momento me sinto só, como se no mundo só existisse meu ser vagando, mas acho que tem que ser assim, preciso ainda aprender muita coisa, superar a mim mesmo... Não sou muito compreendida, acho que ate consigo afastar as pessoas de mim... Mas não me importo mais com isso, passei muito tempo sendo aquilo que esperavam de mim, dizendo só o queria que eu dissesse, talvez sentindo só o que me permitiam... Hoje não me importo mais, aprendi que a vida é bem mais que isso, que as pessoas são livres pra sentirem o que quiserem, para irem quando sentirem vontade de ir... Não quero acorrentar ninguém ao me sofrimento, aos meus problemas, eles são só meus e eu quem deve supera-los, o que me entristece de verdade é a falta de compreensão, somos únicos, diferentes entre si e isso que torna a vida mágica... Sentimos diferente, amamos das mais diversas formas e principalmente encaramos a vida de um jeito bem particular... Gostaria de ser vista e entendida como realmente sou, mas acho que as pessoas não conseguem me enxergar de verdade, acho que criei uma caricatura de mim mesmo e hoje sou vista da forma que talves tenha me vestido pra elas...
Meu espetaculo acabou, meu palco se tornou bem pequeno agora... Me contento com coisas bem simples nesse momento, como tentar acertar minha colher na boca Ou consegui levantar da cama sozinha e ir ao banheiro sem depender de ninguém...rsrsrs Parece pouco pra muitos, mas pra mim isso hoje é uma coisa grandiosa, acreditem!!!
Não tenho mais meu mundo de fantasias, mas tenho um mundo real, um espaço meu, que eu aprendi a conhecer milimetricamente o que o torna mais especial... Esta sempre aberto a qualquer um, faz parte dele quem quiser fazer, não obrigo ninguém mais a me aturar, eu já tenho que fazer isso todo dia...rsrsrs Fique se quiser, por mim, apenas por mim, não pela minha caricatura. Já cobrei muito das pessoas carinho, atenção e amizade, e hoje compreendo que essas coisas não se cobra, elas nascem naturalmente e é amigo quem quer ser, não se obriga ninguém a isso... Eu não posso tirar de ninguém o direito de ir e vir....rsrsrsr Isso já tiraram de mim... Que ironia essa...rsrsr Mas é a pura verdade.
E falando em frio na barriga, nossa como sinto ele agora, a minha ansiedade e calma ao mesmo tempo estão me enlouquecendo, não sei o que me aguarda amanha em especial mas... Seja o que for, estarei pronta pra encara de cabeça erguida, seja o que for, só peço a Deus forças pra não desistir nunca e ir sempre ate o fim com toda coragem necessária... Bem acho que é isso que da sentido a vida, a sensação do desconhecido, do se jogar de cabeça sem saber o que lhe espera la em baixo...rsrsrrs



Ana Carolina

12 de dez de 2009

Pensamento do dia...

You can fool some of the people all of the time, and all of the people some of the time, but you can not fool all of the people all of the time.

Abraham Lincol


Traduzindo:

Você pode enganar algumas pessoas todo o tempo, e todas as pessoas algum tempo, mas você não pode enganar todas as pessoas de todos os tempos.
Assim mesmo me deparo
com aquelas encruzilhadas da vida
se por um lado, sou só felicidade
Por outro sou completamente esquecida

Esquecida por mim mesma e não pelos outros
Sou a minha confiança no próprio desgosto
Deste percorrer cujo caminho é cansativo

Cansativo de apenas prosseguir
sem ao menos saber onde ir
Prosseguindo sem nada indagar

Pois afinal... São perguntas e incógnitas
Escondidas no infinito do meu olhar.

Rangele Guimarães
Perfura-me

Não sei o que, mas vai perfurando
Meus medos, minha angústia, meu pensar
Perfurando como se fosse uma pequena agulha
No palheiro que não consigo encontrar

Perfura-me silenciosamente, a loucura
o silêncio dos meus movimentos vazios
e assim vou seguindo à mesura
esperando que se acenda o pavio

Escuto, calada, o barulho desta noite
que não me acalma com o cair da chuva fina
Apenas perfura-me sem nada indagar...

E tudo não passa de um mero açoite!
Desta cruel sensibilidade da rotina
Que espera o sentido de tudo se queimar!

Rangele Guimarães

11 de nov de 2009


Me chame do que quiser

Se parece ingênuo que eu acredite nas pessoas, que me chamem de tola.
Se parece impossível que eu queira ir onde ninguém conseguiu chegar, que me chamem de pretensiosa.
Se parece precipitado que eu me apaixone no primeiro momento, que me chamem de inconsequente.

Se parece imprudente que eu me arrisque num desafio, que me chamem de imatura.
Se parece inaceitável que eu mude de opinião, que me chamem de incoerente.
Se parece ousado que eu queira o prazer todos os dias, que me chamem de abusada.

Se parece insano que eu continue sonhando, que me chamem de louca.
Só não me chamem de medrosa ou de injusta. porque eu vou à luta com muita garra e muita vontade de acertar.
E foi lutando que eu perdi o medo de ser ridícula. de ser enganada. de ser mal entendida.
Perdi, na verdade, o medo de ser feliz.

Não me incomoda se as pessoas me veem de forma equivocada.
O importante mesmo é como eu me vejo...
Sem cobrança. sem culpa. sem arrependimento.
A gente perde muito tempo tentando agradar aos outros. tentando ser o que esperam de nós.
Eu sou o que sou e não peço desculpas por isso.

No meu caminho até aqui, posso não ter agradado a todo mundo, mas tomei muito cuidado para não pisar em ninguém.
Sendo assim, me chame do que quiser, eu não ligo...
Porque eu só atendo mesmo quando chamam pelo meu nome, que eu tenho o maior orgulho de carregar.

Texto: Lena Gino

5 de nov de 2009

Hoje preciso escrever por me sentir triste... Sinto um vazio que não sei explicar, fico horas a fio tentando encotrar o que me falta, o que me angustia... Sinto uma melancolia sem explicação, uma sensação de perda...
Não gosto quando meu espirito anda inquieto, sempre vem algo ruim pela frente... E o pior de tudo é não identificar o que estar por vir...
Engraçado, nesse momento me sinto extremamente só, um gosto de solidão apesar de todos estarem por perto... Sinto vontade de fazer tudo, agarrar o mundo com minhas mãos e ao mesmo tempo me esconder de tudo, de todos... Dificil explicar...rsrsrs Bem contraditorio.
Sinto como se estivesse parada no tempo a espera do "acontecimento", tentando descobrir qual a missão a cumprir e acabo escutando só o silencio em resposta a tantas perguntas que me afligem...
Queria conseguir colocar em palavras tudo que sinto nesse exato momento, mas as palavras não se juntam para formarem as frases...

Ana Carolina

Migalhas

SIMONE
Composição: Erasmo Carlos

Sinto muito mas não vou medir palavras
Não se assuste com as verdades que eu disser
Quem não percebeu a dor do meu silêncio
Não conhece o coração de uma mulher
Eu não quero mais ser da sua vida
Nem um pouco do muito de um prazer ao seu dispor
Quero ser feliz
Não quero migalhas do seu amor
Do seu amor


Quem começa um caminho pelo fim
Perde a glória do aplauso na chegada
Como pode alguém querer cuidar de mim
Se de afeto esse alguém não entende nada
Eu não quero mais ser da sua vida
Nem um pouco do muito de um prazer ao seu dispor
Quero ser feliz
Não quero migalhas do seu amor
Do seu amor

Não foi esse o mundo que você me prometeu
Que mundo tão sem graça
Mais confuso do que o meu
Não adianta nem tentar
Maquiar antigas falhas
Se todo o amor que você tem pra me oferecer são migalhas
Migalhas

Eu não quero mais ser da sua vida
Nem um pouco do muito de um prazer ao seu dispor
Quero ser feliz
Não quero migalhas do seu amor
Do seu amor
Sinto muito mas não vou medir palavras
Sinto muito

2 de nov de 2009

Quero dar adeus a tudo que passou... Quero realmente começar de novo, fazer diferente!!!
Quero extrair da vida e de mim mesmo tudo de melhor, olhando pra frente sem arrependimentos, com o coração tranquilo. Enterrar de uma vez todo sofrimento e dor...
Hoje estou de luto!!! Mas é o luto mais doce de minha vida, pois agora estou morrendo e renascendo novamente ... Estou tendo a chance de recomeçar uma nova vida em uma mesma vida...rsrsrsr E olha que nem todo mundo tem essa chance, então não posso desperdiçar...
Quero poder acordar todos os dias e saber que posso mais, que tenho muito mais a fazer... Quero a doçura de tudo, saborear as delicias da vida com tranquilidade, olhar pra frente sem ter medo nem amarras.
Um dia fui frágil, pequena, medrosa... Hoje sou forte, sei que sou capaz de tudo, posso sobreviver a mim mesmo... Eu consegui me superar... Superei a dor física, superei minha fraqueza, meu medo, minha solidão... Encontrei uma força no fundo de minha alma, onde nem mesmo eu sabia que existia. Conheci todos os meu limites e fui capaz de ultrapassa-los.
Agora, um ano se passou... Nossa, como o tempo passa rápido olhando agora... Como amadureci!!
É ate engraçado olhar pra traz, por que nunca imaginamos que coisas ruins possam nos acontecer, e realmente a vida me pegou de surpresa...
Sabe, ainda me lembro agora a sensação de quando acordei e não senti minhas pernas... Nossa, achei que ainda dormia... Só podia ser sonho, alias, pesadelo... Pois em um instante caminhei até minha cama e quando acordei não conseguia levantar dela, parecia que haviam me cortado ao meio, uma parte de mim parecia morta... Ai vem a sensação de desespero, uma avalanche de emoções juntas, a principal: O MEDO.
Naquele momento era como se assistisse o filme da minha vida... E só pensava: esta tudo acabado, sonhos destruídos... Eu queria sair de mim, não acreditava que tudo aquilo estava acontecendo comigo... Só pensava que nunca havia feito mal a ninguém pra merecer algo assim... E assim começou um ano de luta... Passei por varias fases... Cama, cadeira de rodas e hoje muletas. Ouvi de tudo, cada diagnóstico mais terrível que o outro. Mas o pior foi ouvir que nunca mais voltaria a andar... Naquele momento algo se partiu dentro de mim... fiquei imaginando como iria lidar com aquilo, como arrumaria as palavras que ouvi em minha cabeça.
Optei então por deixar as coisas acontecerem... Preferi mastiga-las devagar... E assim fiz, deixei as coisas acontecerem e aliei-me ao tempo, algo dentro de mim me dizia que ele seria meu melhor mestre... Então decidi viver um dia de cada vez, sem jamais perder a fé... E muita gente não entendia, imaginava que eu estava me entregando, desistindo... Não estava, apenas fazia uma coisa de cada vez... Entendi que precisava aprender algo, que nada do que havia acontecido podia ser por acaso, e aprendi... Cada lugar que passei, cada hospital que fui, ali tirei lições que jamais vou esquecer.
Descobrir que existem dores físicas maiores, sofrimentos incomparaveis... E passei a enchegar não as coisas ruins que me aconteciam, e sim as coisas boas que estavam ao meu lado e talvez nunca tivesse dado o real valor... Eu tinha amigos, uma família presente e um amor, e muitos ali sofriam sozinhos, tinham que travar suas batalhas solitários, e eu tinha um exercito pra lutar comigo... Acho que por isso não desistir, absorvi a força dos que estavam ali e lutei com todas as forças disponíveis.
Sabe, sei que a batalha ainda não terminou, mas ela me trouxe grande vitorias... A principal delas foi superar a mim mesmo... E vou viver tentando fazer isso todos os dias - Me superar. Esse é o funeral que celebra o meu renascimento!!!!!!

Ana Carolina

1 de nov de 2009

Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo...
Isto é carência.

Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar...Isto é saudade.

Solidão não é o retiro voluntário que
a gente se impõe, às vezes,
para realinhar os pensamentos...
isto é equilíbrio.

Solidão não é o claustro involuntário que o destino nos impõe compulsoriamente para que revejamos a nossa vida...
Isto é um princípio da natureza.

Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado..... Isto é circunstância.

Solidão é muito mais do que isto.
Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma...

É... mas tenho ainda muita coisa pra arrumar
Promessas que me fiz e que ainda não cumpri
Palavras me aguardam o tempo exato pra falar
Coisas minhas, talvez você nem queira ouvir

Já sei olhar o rio por onde a vida passa
Sem me precipitar e nem perder a hora
Escuto no silêncio que há em mim e basta
Outro tempo começou pra mim agora.

Esse é o trecho da musica da minha xará que diz muito desse momento que vivo agora...

Ana Carolina








Só sou um palhaço no palco da vida...


Ana Carolina Sousa

23 de set de 2009


Como é difícil deixar cair a mascara que nos protege...
Engraçado como as pessoas não conseguem encarar as mudanças de frente, e acham que vão continuar vivendo na redoma de vidro que criaram pra si... Que triste engano!!!
A vida não é um Park de diversões, onde tudo é diversão e alegrias... A vida é escola de gente grande, e as mascaras que criamos e usamos como proteção, um dia caem e ai nos deparamos com a realidade nua crua...
As pessoas moldam suas personalidades de modo que criam em torno de si uma aparência de força, de indepêndencia, de frieza em relação a vida, as pessoas, as situações... Não sabem elas, que a sensibilidade é a chave de tudo, e que ser sensível não quer dizer fraqueza, pelo contrario, nos da clareza pra tomar decisões, por que decidimos com o coração e não somente com a razão... Nem tudo é lógica, é regra. As pessoas precisam saber que necessitamos de consolo, de carinho, de colo... Se aparentarmos sempre essa armadura intransponível, sempre acharam que somos capazes de suportar tudo, e cada dia mais o fardo se torna pesado e mais difícil de carregar... Não somos responsáveis pelos problemas do mundo, somos sim, peça integrante desse quebra-cabeça chamado vida!!!! Só por um dia, tente tirar sua mascara e ser você mesmo, experimenta sentir as emoções realmente, vai perceber que por pior que seja a emoção, ela te faz se sentir humano e te tira o peso de ter que ser sempre perfeito!!!!

Ana Carolina

Não olhem para a imagem e imaginem que queira pular dai...rsrsr Muito pelo contrario, quero que ela transmita a liberdade que sinto agora das amarras que tinha em minha vida!!! Hoje sinto a sensação do poder, na verdade TENHO O PODER...rsssssssssssss
Descobri que sou capaz de qualquer coisa, que posso ultrapassar barreiras e ir onde quiser... Isso só depende de mim...
Aprendi a usar minhas armas e lutar habilmente com elas... Agora domino a arte... rssss Posso ir avante e além... "EU TENHO A FORÇAAAAAA..."
Quem lê isso aqui, talvez não entenda nada...rsssss Mas não é pra entender mesmo, são só divagações... Outras sim, saberão bem o que estou dizendo... rssssssssssss
O que quero mesmo que saibam, é que todo mundo pode descobrir seus poderes, suas armas secretas e mudar sua vida radicalmente. Mas isso leva tempo e esforço e muita dedicação... É difícil se livrar dos fantasmas que escondemos debaixo da cama, e muitas vezes ate esquecemos que eles estão lá... Sempre lá a nossa espera...
Mas um dia, se realmente quiser, pode exorciza-los e da espaço a uma nova vida, cheia de descobertas incríveis e e com um final bem diferente... Mas cuidado, o caminho é sinuoso e cheio de espinhos, sofrer as vezes é necessário no crescimento, para se chegar a um objetivo, principalmente quando esse objetivo esta em jogo nossa própria vida...
Então, não perca tempo!!! Nunca se é tarde pra mudar, mas talvez tenha passado muito tempo pra se fazer correções... Então corra, a vida não espera, ela simplesmente segue seu curso... Agente é que tem que apressar o passo...!!!!!


Ana Carolina

8 de ago de 2009


Estou na fase de interrogações...
Me pergunto o que vai ser de mim daqui a pouco... Amanhã... No futuro...
Aprendi tudo sobre viver o hoje, o agora, sem pensar no que virá... Mas me pego muitas vezes com o coração apertado, imaginando o que farei da minha vida daqui para frente!
Que decisões tomarei, que caminhos seguirei, o que escolherei para mim...
Agora sofro de ansiedade, vejo o tempo passar por mim varrendo tudo que um dia escolhi fazer. Derrepente tudo mudou, novos caminhos devem ser escolhidos e nem mesmo sei como vou estar amanhã...rsrrsrs
A vida é mesmo engraçada!!!!
Gostaria de acordar amanhã e ver tudo programado, cada linha do meu destino escrita certinha...rsrsrsr
Mas... Lá vem o ditado: "Deus escreve certo por linhas tortas." e fico aqui me perguntando onde vão me levar as linhas tortuosissímas do meu...

Aprendi muito não posso negar, cresci como ser humano, o mundo foi posto para mim de uma maneira como poucas pessoas tem a oportunidade de vê-lo e sou grata por isso, porque se morresse hoje teria entendido o verdadeiro sentido da vida, o valor das amizades, do amor verdadeiro, da família...
Sei que tudo isso me foi dado para fazer de minha vida uma coisa melhor, talvez estivesse indo pela trilha errada e tive que voltar atrás para recomeçar... Agora só me falta saber por onde devo ir e o que o novo caminho me reserva!!!


Ana carolina

23 de mai de 2009

Esta chegando à hora da verdade e derrepente tudo começa ter um tom diferente...

Engraçado, passei todos esses dias, meses, me preparando para ouvir qualquer coisa a respeito do meu diagnostico e agora chegando o momento da verdade sinto um “Q” de desespero, pânico talvez...

Não sei explicar o porque desse sentimento, acho que é a confirmação das mudanças, a inevitável hora de encarar a realidade, que algumas coisas não tem mais volta, que os velhos sonhos estão realmente deixados de lado, que a palavra recomeçar agora vai ter seu real significado.

Tento encarar meus medos de frente e olhar tudo isso como um aprendizado, ou em outras palavras como a evolução da minha alma... Acredito no destino, e sei que temos que encará-lo e levá-lo até o fim da melhor forma possível. Sei que agora vou estar de frente a ele.

Sei que Deus vai estar comigo e me dará sempre a força que às vezes penso estar perdendo, pois todos os dias quando acordo, repito o meu lema agora: “Um dia de cada vez”... E assim começo todo dia pedindo a Deus a força necessária para enfrentar tudo isso com serenidade e com a força dos guerreiros.

Bem, com a intimidade que tenho com ele: Seja o que o CARA lá de cima quiser...

Ana Carolina




6 de mai de 2009


Hoje é dia de desabafo, de cuspir aquilo que me massacra por dentro...
É dificil ser forte o tempo todo, fingir que tudo esta normal, que é passageiro, que tudo vai voltar a ser como era antes... E o pior é ouvir todo mundo repetir que irei ter uma VIDA NORMAL!!!
Dá é vontade de berrar quando ouço isso. VIDA NORMAL, balela. Tenho que readaptar toda a minha vida, zerar tudo, recomeçar tudo de novo, e pior, diferente, me adaptando as limitações que me foram impostas, abandonando sonhos que levaram anos para serem construídos e deixar para trás tudo aquilo que amava fazer e simplesmente recomeçar... Nossa foi tão difícil chegar ate onde havia chegado, foi tanta coisa deixada de lado, tanta coisa que não me permitir viver... Tudo em prol de sonhos, de objetivos... E chamam isso de voltar ao Normal... kkkkk Chega a ser irônico ouvir isso...
Para mim, NORMAL, ou aparentemente NORMAL é quem anda sem dificuldades, se veste, toma seu banho, come sua comida, consegue ler, escrever, contar (sim, contar os números certinhos, sem pular os ímpares... rrsrs) como eu faço agora, ir onde se quer, com seu direito de ir e vir sem limitação, sem amarras. Para mim, isso é voltar ao NORMAL!!!!
O que vou fazer agora é aprender a ser diferente, viver diferente... Não me entendam mal, não estou PRÉ-CONCEITUANDO nada, por que também aprendi viver bem assim, descobrir uma forma diferente de ser feliz. Entendi que era preciso passar por esses obstáculos para aprender a dar valor muita coisa que tinha do meu lado e não enxergava... Simplesmente não enxergava...
O quero dizer na verdade é que aprendi a ver a vida de um angulo diferente, que muita gente não consegue ver e entender dentro da sua NORNALIDADE!!!!! Foi preciso uma mudança drástica em minha vida para poder dar valor a coisas tão simples, tão pequenas aos olhos da gente, mas que fazem muita diferença...
O que quero dizer hoje, é que não é fácil mudar tudo de uma hora para outra, que é complicado lidar com coisas antes estranhas para você, à dor física, psicológica. É torturante acordar todos os dias e não saber o que este dia me reserva, que tipo de dor irei sentir, que técnica vou desenvolver para fugir dela...rsrsrs É difícil descobrir que o futuro é incerto - apesar de saber também que é incerto para qualquer um - mas para mim ele já tem um sabor diferente, quando acordo todos os dias e me levanto, sei que perdi alguma coisa no meu corpo, pequenas as vezes, mas que fazem muita falta... Ainda estou aprendendo a lidar com isso, mas saibam não é fácil dizer a si mesmo que não pode desistir!!!
Gostaria de poder dizer e fazer com que pessoas ditas NORMAIS, entendessem o real sentido da vida, de ser feliz... Às vezes escuto alguém dizer que senti medo, culpas, que não tem coragem de mudar sua vida, fazem o que não gostam, almejam coisas sem sentido algum, querem ser Deus e resolver todos os problemas do mundo e acaba se perdendo neles... Queria poder dizer que estão perdendo um tempo precioso demais, a vida realmente é muito curta para se perder tempo, pra ser infeliz. Medo é algo compreensível, todo mundo senti alguma ou muitas vezes na vida, mas covardia é inaceitável!!! Pense no que você esta fazendo contigo mesmo, pode não ter outra oportunidade para mudar ou voltar atrás, o tempo nunca volta, cada dia é um dia a menos que temos pra ser feliz, para realizar aquele sonho, para dar aquele abraço, para dizer a quem se ama o quanto ela é importante para você... Não perca esse tempo, nem deixe que a vida te coloque de frente a um abismo para poder perceber isso, é literalmente doloroso demais aprender com a dor, não queira passar por isso. Se puder mudar uma coisinha se quer no seu dia a dia pra se sentir melhor, mude! Vai ver como faz diferença. Descobri que sempre tem uma luz no fim do túnel...kkkk


Ana Carolina


5 de mai de 2009


Engraçado, fico olhando o horizonte e tentando imaginar o que me aguarda no futuro...
Mas que tola sou, a única coisa de concreto que tenho é o presente, o agora... Amanhã é tão incerto, tão sem sentido, e as vezes tão assustador!!!
É perda de tempo, de forças, ficar imaginando o que ainda não aconteceu... É uma tortura sem fim
planejar aquilo que ainda estar por vir, ou que talvez nem venha... kkkkk!!!
Quer saber, quero dar uma de louca e viver sem motivos aparentes para ser feliz, sorrir
pelo prazer de saborear a doçura do sorriso, chorar quando der vontade, como criança que perdeu o doce!!!
E como dizem por ai: "O futuro sempre está começando agora." Para que ficar tentando antecipar...

Ana Carolina

Lição de Vida

Aprendi que se aprende errando.
Que crescer não significa fazer aniversário.
Que o silêncio é a melhor resposta, quando se ouvem parvoíces.
Que trabalhar significa não só ganhar dinheiro.
Que conquistamos amigos mostrando quem somos.
Que os verdadeiros amigos ficam sempre até ao fim.
Que a maldade se esconde atrás de uma bela face.
Que não se espera a felicidade chegar, mas procura-se por ela.
Que quando se pensa saber tudo quer dizer que ainda não se aprendeu nada.
Que a natureza é a coisa mais bela da vida.
Que amar significa entregar-me por inteiro.
Que um só dia pode ser mais importante que muitos anos.
Que se pode conversar com estrelas.
Que se pode confessar com a lua.
Que se pode viajar além do infinito.
Que ouvir uma palavra de carinho faz bem à saúde.
Que dar uma carinho também faz...
Que sonhar é preciso.
Que se deve ser ciança a vida toda.
Que o nosso Ser é livre.
Que o julgamento alheio não é importante.
Que o que realmente importa é a paz interior.
E, finalmente, aprendi que não se pode morrer, para se aprender a viver.

Autor desconhecido mas tem toda a razão.

Descobrir que escrever alivia tensões... Que desabafar escrevendo tem uma eficácia sem igual, assim agente fala para si mesmo e de certa forma também acaba compreendendo o que se passa por dentro, as emoções muitas vezes conturbadas e cheias de duvidas...
Para mim se tornou uma terapia de auto-conhecimento, quando sinto que chego em meu limite, extravaso colocando tudo pra fora cuspindo letras que se transformam no bolo que estava entalado em minha garganta... Depois disso me sinto leve, renovada...
Realmente as letras podem ser mui amigas!!!! kkkkkkk

Ana Carolina

4 de mai de 2009


Quem faz nossos limites somos nós mesmo... Não há limites quando a vontade de viver é maior que os obstáculos!!!!!
Sempre é
possível recomeçar de um jeito diferente, até mesmo inusitado...

Ana Carolina

29 de abr de 2009


A vida nos coloca em situações que nos impede de retornar...
É dificil voltar a ser o que se foi antes... Só se pode desejar que o tempo volte atraz...
Mas é só desejo, o tempo não volta atraz e tudo se torna apenas doces lembranças.

24 de abr de 2009


Como chorar alivia as tensões...kkkkkk
Parece que se tira o peso do mundo das costas e o dia amanhece bem melhor!!
Eu precisava disso ontem... Chorar, apenas chorar...
Colocar para fora tudo aquilo que estava massacrando o coração. Como diz uma amiga - pedir a mão que aperta, para afrouxar um pouquinho - e assim conseguir seguir em frente.
Não tem sido faceis esses ultimos meses, e me parece que quanto mais o tempo passa, mais as coisas se tornam claras e as vezes meio doloridas.
Nossa, como é dificil zerar a vida e recomeçar... Parece facil mudar o rumo do leme e conduzir a embarcação para novos mares, mais passar pelas tempestades é bem complicado...
Mas a vida é assim, nunca para, vai seguindo sempre em frente independente do que te acontece!!!!

16 de abr de 2009

Hoje eu queria sair de mim, fugir das dores e de tudo aquilo que me amedronta...
Queria estar em algum lugar que pudesse gritar...Gritar alto...Tão alto que alguém lá em cima escutasse meu desabafo e aliviasse minha alma!!!
Depois cairia em um sono profundo para aliviar o corpo do cansaço e acordaria com as forças renovadas para retomar a luta...
Queria poder não pensar em nada, aliviar a mente de tudo que ela teima em imaginar...
Queria apenas estar comigo e longe de todos os fantasmas que me acompanham.
Mas como diz o ditado: "Aquilo que não me mata, me faz forte".



PARE O MUNDO QUE EU QUERO DESCER!!!

14 de abr de 2009


Não Estás Deprimido
Facundo Cabral


Não estás deprimido, estás distraído…
Distraído em relação à vida que te peenche,
Distraído em relação à vida que te rodeia,
Golfinhos, bosques, mares, montahas, rios.
Não caias como caiu teu irmão que sofre por um único ser humano, quando existem cinco mil e seiscentos milhões no mundo.
Além de tudo, não é assim tão ruim viver só.
Eu fico bem, decidindo a cada instante o que desejo fazer, e graças à solidão conheço-me… o que é fundamental para viver.
Não faças o que fez teu pai, que se sente velho porque tem setenta anos, e esquece que Moisés comandou o Êxodo aos oitenta e Rubinstein interpretava Chopin com uma maetria sem igual aos noventa, para citar apenas dois casos conhecidos.
Não estás deprimido, estás distraído.
Por isso acreditas que perdeste algo, o que é impossível, porque tudo te foi dado. Não fizeste um só cabelo de tua cabeça, portanto não és dono de coisa alguma.
Além disso, a vida não te tira coisas: te liberta de coisas… alivia-te para que possas voar mais alto, para que alcances a plenitude.
Do útero ao túmulo, vivemos numa escola; por isso, o que chamas de problemas são apenas lições.
Não perdeste coisa alguma: Aquele que morre apenas está adiantado em relação a nós, porque todos vamos na mesma direção. E não esqueças que o melhor dele, o amor, continua vivo em teu coração.
Não existe a morte... Apenas a mudança. E do outro lado te esperam pessoas maravilhosas: Gandhi, o Arcanjo Miguel, Whitman, Santo Agostinho, Madre Teresa, teu avô e minha mãe, que acreditava que a pobreza está mais próxima do amor, porque o dinheiro nos distrai com coisas demais, e nos machuca, porque nos torna desconfiados.
Faz apenas o que amas e serás feliz. Aquele que faz o que ama, está benditamente condenado ao sucesso, que chegará quando for a hora, porque o que deve ser será, e chegará de forma natural.
Não faças coisa alguma por obrigação ou por compromisso, apenas por amor. Então terás plenitude, e nessa plenitude tudo é possível sem esforço, porque és movido pela força natural da vida, a mesma que me ergueu quando caiu o avião que levava minha mulher e minha filha; a mesma que me manteve vivo quando os médicos me deram três ou quatro meses de vida.
Deus te tornou responsável por um ser humano, que és tu. Deves trazer felicidade e liberdade para ti mesmo. E só então poderás compartilhar a vida verdadeira com todos os outros.
Lembra-te : "Amarás ao próximo como a ti mesmo". Reconcilia-te contigo, coloca-te frente ao espelho e pensa que esta criatura que vês, é uma obra de Deus, e decide neste exato momento ser feliz, porque a felicidade é uma aquisição.
Aliás, a felicidade não é um direito, mas um dever; porque se não fores feliz, estarás levando amargura para todos os teus vizinhos.
Um único homem que não possuiu talento ou valor para viver, mandou matar seis milhões de judeus, seus irmãos.
Existem tantas coisas para experimentar, e a nossa passagem pela terra é tão curta, que sofrer é uma perda de tempo. Podemos experimentar a neve no inverno e as flores na primavera, o chocolate de Perusa, a baguette francesa, os tacos mexicanos, o vinho chileno, os mares e os rios, o futebol dos brasileiros, As Mil e Uma Noites, a Divina Comédia, Quixote, Pedro Páramo, os boleros de Manzanero e as poesias de Whitman; a música de Mahler, Mozart, Chopin, Beethoven; as pinturas de Caravaggio, Rembrandt, Velázquez, Picasso e Tamayo, entre tantas maravilhas.
E se estás com câncer ou AIDS, podem acontecer duas coisas, e ambas são positivas:
se a doença ganha, te liberta do corpo que é cheio de processos (tenho fome, tenho frio, tenho sono, tenho vontades, tenho razão, tenho dúvidas)...
Se tu vences, serás mais humilde, mais agradecido... portanto, facilmente feliz, livre do enorme peso da culpa, da responsabilidade e da vaidade, disposto a viver cada instante profundamente, como deve ser.
Não estás deprimido, estás desocupado.
Ajuda a criança que precisa de ti, essa criança que será sócia do teu filho. Ajuda os velhos e os jovens te ajudarão quando for tua vez.
Aliás, o serviço prestado é uma forma segura de ser feliz, como é gostar da natureza e cuidar dela para aqueles que virão.
Dá sem medida, e receberás sem medida.
Ama até que te tornes o ser amado; mais ainda converte-te no próprio Amor.
E não te deixes enganar por alguns homicidas e suicidas.
O bem é maioria, mas não se percebe porque é silencioso.
Uma bomba faz mais barulho que uma caricia, porém, para cada bomba que destrói há milhões de carícias que alimentam a vida. Vale a pena, não é mesmo?
Se Deus possuisse uma geladeira, teria a tua foto pregada nela.
Se ele possuisse uma carteira, tua foto estaria nela.
Ele te envia flores a cada pimavera.
Ele te envia um amanhecer a cada manhã.
Cada vez que desejas falar, Ele te escuta. Ele poderia viver em qualquer ponto do Universo, mas escolheu o teu coração.
Encara, amigo, Ele está louco por ti!
Deus não te prometeu dias sem dor, riso sem tristeza, sol sem chuva, porém Ele prometeu força para cada dia, consolo para as lágrimas, e luz para o caminho. “Quando a vida te trouxer mil razões para chorar, mostra que tens mil e uma razões para sorrir."
"Que saudades!

Como pode alguém sentir saudades do que nunca houve?
Como pode alguém sentir saudades do que nem viveu?
É como estou hoje,
Com saudades!
Morrendo de saudades dos sonhos que criei,
Chorando de saudades das horas que imaginei,
Das histórias que sonhei.
Hoje estou assim,
Querendo que o tempo vá para onde eu quero,
Para onde ele nunca esteve.
Mas a saudade é tanta que me paralisa,
É muita saudade
E nem aconteceu
E nada eu vivi.
Como se pode sentir saudades de uma época que não existiu?
De fantasias e de promessas que nunca se concretizaram?
Por que sentir saudades de um futuro inventado
quando há um presente imenso para se viver?
Mas não se manda no coração.
O coração é pretensioso e quase sempre faz o que quer,
A razão até tenta dominar,
Mas raramente consegue.
E por causa do coração a gente faz um monte de besteira
E fica esperando, esperando...
Esperando que tudo volte a ser como antigamente...
Ou pior,
Que tudo seja como criamos em nossos sonhos mais recorrentes."

Germana Facundo

"Hoje eu estou sensível
Hoje eu estou menos eu
Hoje, só hoje, vou dar um tempo de mim
Vou resistir a meus impulsos
E controlar os meus sentimentos

Só hoje vou fingir que não estou nem aí
Vou pensar menos
Vou rir mesmo que a força

Só hoje vou parar totalmente
Vou ficar sem fazer nada
E vou ficar feliz apenas por estar na minha presença e na de Deus

Hoje eu não quero ouvir coisas ruins
Porque hoje está mais fácil de chorar
E se eu chorar
Não terei condições de argumentar
E tudo pode sair errado

Hoje eu não quero nada complicado
Quero sonhar com coisas boas
Quero brincar como criança
Quero comer sem medo de engordar
E viver sem objetivos

Só hoje quero ficar muda
Quero que o silêncio seja verdadeiramente silencioso
Quero dormir como um anjo

Hoje eu quero ouvir palavras de amor
Quero ouvir que sou importante
Quero abraços e muitos beijos
Quero carinho e quero colo
Quero família e quero amigos
Quero estar com quer estar comigo

Hoje eu quero que passe rápido
Eu quero que as horas corram
Mas se você vier
Hoje e todos os dias
Eu quero que o tempo páre
Só para ficar mais um pouquinho contigo..."

7 de abr de 2009


Ah! Como é doce a vida!!!
Acordar todo dia e poder abrir os olhos para um novo dia, um novo recomeço... Como é bom saber que é possível recomeçar a cada dia que nasce e ter a oportunidade de fazer aquilo que ontem não se pôde fazer!!
E como diz Paulo Coelho, em suas sábias palavras:

"Podemos acreditar que tudo que a vida nos oferecerá no futuro é repetir o que fizemos ontem e hoje. Mas, se prestarmos atenção, vamos nos dar conta de que nenhum dia é igual a outro. Cada manhã traz uma benção escondida; uma benção que só serve para esse dia e que não se pode guardar nem desaproveitar.
Se não usamos este milagre hoje, ele vai se perder.
Este milagre está nos detalhes do
cotidiano; é preciso viver cada minuto porque ali encontramos a saída de nossas confusões, a alegria de nossos bons momentos, a pista correta para a decisão que tomaremos.
Nunca podemos deixar que cada dia pareça igual ao anterior porque todos os dias são diferentes, porque estamos em constante processo de mudança."

Engraçado, isso é a tradução do que vivo agora. Estou realmente em constante processo de mudança... Mas sabe o melhor de tudo isso? É saber que posso me tornar alguém melhor, não para os outros, mas para mim mesmo. Aprendi a olhar para meu interior e conhecer minhas fraquezas e forças, meus altos e baixos... Tô aprendendo a me reconstruir... Consegui entender que só conhecendo meus limites e possibilidades poderia ME superar, vencer meus próprios medos e fantasmas...
Descobrir que tenho apenas o hoje, e ele é o bastante. Não posso guardá-lo, muito menos ignorá-lo. O hoje é a oportunidade de saborear a vida, entender seu real significado... E como tenho feito isso!!!
Mas sabe o melhor de tudo isso? Descobri que estou mais viva do que nunca, e não apenas vegetando, cumprindo um
cotidiano.
O Futuro? Como dizem por ai: "A Deus pertence" e sempre será um enigma a ser desvendado. E pra chegar lá, adivinhem? Terá que passar pelo hoje, viver o hoje, desfrutá-lo da
melhor maneira possível. Tente não desperdiçar a vida, vai por mim, ela pode te pegar de surpresa e lhe pregar uma peça - só pra lhe fazer entender que viver é simples demais!!!!
É como respondeu o
Dalai Lama ao lhe perguntarem:

"- O que mais te surpreende na Humanidade?
E ele respondeu:
- Os homens... Porque perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem dinheiro para recuperar a saúde.
E por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem do presente de tal forma que acabam por não viver nem o presente nem o futuro. E vivem como se nunca fossem morrer... e morrem como se nunca tivessem vivido."


Só posso dizer que ele ta certissimo... Rsrsrs!!!!!


Ana Carolina