15 de ago de 2010


Hoje me sinto despida de tudo que trouxe até agora comigo... Não sei se estou pronta para nova vida que me espera, mais pelo menos estou indo de coração e alma abertos para a experiência que está por vir.
Me pego muitas vezes nesses últimos momentos em pânico extremo a ponto de explodir de ansiedade e de medo também... Não sei onde esse caminho vai me levar, mas tenho a certeza que vou chegar onde tenho que ir, onde preciso ir... Foram tantas descobertas, tantas lutas travadas contra mim mesmo e de uma certa forma consegui vence-las e vencer a mim mesmo... Sei que posso chegar sempre onde menos espero, é só encontrar o sentido de tudo...
Aprendi a viver em harmonia comigo e fiz da solidão amiga conselheira, nela encontro a paz que necessito para aceitar a vida e o destino da forma que nos é imposto... Não vou dizer que seja fácil, mas tudo é questão de prática, de exercício... E assim se vai vivendo um dia após o outro... Um dia de cada vez...

Ana Carolina